sexta-feira, 31 de julho de 2009

A MENSAGEM DE JESUS À IGREJA DOS ÚLTIMOS DIAS. (À GERAÇÃO DE LAODICÉIA – Ap. 3.14-22).

 A MENSAGEM DE JESUS À IGREJA DOS ÚLTIMOS DIAS.

Gravuras_Evangelho_O%20Novo%20Testamento_237%20Jesus%20Bate%20a%20Porta

(À GERAÇÃO DE LAODICÉIA – Ap. 3.14-22).

Alan G. de Sá  (31-07-09)

Quando Jesus Cristo disse: “E sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mt 16.18), Jesus sabia da situação do cristianismo antes da sua volta? A Palavra de Deus mostra que sim. Os últimos dias da era da igreja seriam marcados por apostasia doutrinária (1 Tm 4.1-3; 2 Tm 3.1-5; 2 Pe 3.3,4; Jd 1.17-19), deterioração moral (Tg 5.3; 2 Pe 3.3) surgimento de muitos aticristos (I Jo 2.18,19)

As sete cartas tratam do decurso da igreja até a volta do Senhor Jesus Cristo. Em apocalipse 1.19, o Senhor Jesus nos dá a divisão do livro, escritas aqui para instrução da igreja de Deus: “As coisas que tens visto”, referem-se a visão de Cristo (v. 16-16), “As coisas que são” referem-se a várias características sucessivas e gerais definidas quanto á igreja professante e a relação de Cristo com ela, até a sua rejeição final, ainda não realizada (caps. 2 e 3). “As coisas que hão de acontecer depois destas” referindo-se nesta terceira divisão aos juízos de Deus, que serão experimentados pelo mundo, pela igreja apóstata e corrupta, e referente ao plano de Deus com Israel.

São três os propósitos destas cartas: a).João está escrevendo às sete congregações locais para suprir as necessidades de cada uma dessas assembléias; b). Essas cartas revelariam os vários tipos de indivíduos e assembléias por toda a era e, c). Há nas cartas uma revelação profética quanto ao decurso desta era. As sete igrejas, apenas sete, entre muitas que João poderia ter escolhido para comentar, parecem ter sido selecionadas especificamente por causa do significado de seus nomes:

ÉFESO - “Amada” (Igreja apostólica (Pentecostes, 100)

ESMIRNA - “Mirra ou amarga” (Igreja perseguida,100-316)

PÉRGAMO – “torre alta” ou “completamente casada” (Igreja Mundial, 316-800)

TIATIRA – “Aqueles que escapam” ou “renovação” (Igreja Medieval, 800-1517)

SARDES- “príncipe de alegria” (Surgimento da Igreja estatal, 1517-1750)

FILADÉLFIA – “amor fraterno” ( A Igreja Missionária, 1750-1900)

LAODICÉIA – “O Povo reinando/ governando ou ensinando” (Igreja Apóstata, 1900-?)

Entendo que a carta à Igreja de Laodicéia, não é apenas Laodicéia histórica, mas a igreja nominalmente cristã dos últimos dias, antes do arrebatamento e da volta do Senhor Jesus Cristo. É uma mensagem para a geração de laodicéia.

A MENSAGEM DE JESUS CRISTO É PARA UMA GERAÇÃO DE CRISTÃOS CUJA IGREJA É GOVERNADA PELO POVO.

Jesus inicia esta carta com a seguinte descrição de si mesmo: “Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus” (Ap. 3.14). Ele é aquele por meio de quem Deus realiza a sua obra e a sua vontade; Jesus é aquele por quem Deus fez todas as coisas: “Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez” (João 1.3).

Entretanto, nesta igreja, Jesus Cristo não ocupava o lugar central; As obras (atividades diárias) destes cristãos não eram de acordo com a Palavra de Deus, e a sua mensagem não servia de saúde espiritual para quem ouvia, pois nas duas cidades vizinhas á Laodicéia, Hierápolis havia águas termais usadas para tratamento terapêutico, e Colossos era suprida por fontes de águas frescas que vinham das montanhas. Laodicéia, apesar de rica, tinha problema com o abastecimento de água, que chegava morna na cidade, após passar por vários canos até chegar morna a cidade.

Hoje vemos o surgimento de uma igreja assim, que é “governada pelo povo”, não pelo que diz a Palavra de Deus. Existem igrejas para todos os gostos e opção sexual. A Palavra de Deus não é o centro dela, Jesus não é o centro dela.

A mensagem pregada em seus púlpitos não cura e nem refresca a alma. A mensagem da cruz de Jesus Cristo está sendo trocada pelas “grutas milagrosas”, “rosas ungidas”, “orações em Israel e pelas águas do Jordão” e outras coisas. É uma mensagem governada pelos interesses e ensinos humanos, por isso o Senhor a rejeitará (Ap.3.16)

Certa vez ao ouvir um pregador assim, pude testemunhar a sua oração, que foi concluída assim: “Eu oro, crendo que assim como eu quero, assim será”. Realmente testemunhamos uma geração de cristãos, cuja igreja é “governada pelo povo.”

A MENSAGEM DE JESUS CRISTO É PARA UMA GERAÇÃO DE CRISTÃOS MATERIALMENTE PRÓSPEROS.

Laodicéia era rica. Tinha indústrias importantes na época e era famosa também por possuir um colírio medicinal. Seus cristãos eram materialistas. Se gloriavam em dizer “sou rico e de nada tenho falta” (Ap.3.17).

Um grande líder de uma das mais conhecidas igrejas neopentecostais no Brasil e no exterior, disse: “Como posso servir a um Deus que é rico e ser tão miserável?”. No entanto em Mateus 6.33, Jesus não promete riquezas, mas sim, suprir as nossas necessidades.

A MENSAGEM DE JESUS CRISTO É PARA UMA GERAÇÃO DE CRISTÃOS ESPIRITUALMENTE FRACA.

Esta ênfase dada ao poder material tirou o foco destes cristãos laodicenses da vida espiritual. Não pensavam no céu. Não havia amor pelos perdidos. A HISTÓRIA NÃO REGISTRA NENHUMA AÇÃO DESTA IGREJA NA EVANGELIZAÇÃO.

Vemos o início de uma geração de cristãos espiritualmente fracos. Que ignora a realidade espiritual, que não busca a Deus em oração. Que não ama os perdidos, acomodados, e o surgimento de líderes que desejam ajuntar números de membros e não cidadãos dos céus.

A MENSAGEM DE JESUS CRISTO É PARA UMA GERAÇÃO DE CRISTÃOS QUE AINDA ASSIM, SÃO OBJETOS DO AMOR DE DEUS.

“Eu repreendo e castigo a todo quanto amo; sê, pois zeloso e arrepende-te” (Ap. 3.19).

Diante deste triste quadro da igreja dos últimos dias, o Senhor Jesus Cristo ainda tem um grande amor por estes cristãos nominais e chama do lado de fora da vida destes muitos cristãos para:

CEAR COM ELE: Isto fala de comunhão com ele.

LUTAR POR ELE E COM ELE: “Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono como eu venci e me assentei com meu pai no seu trono.”

Para vencer implica lutar uma batalha, e a nossa batalha, a cada dia, é contra o pecado, contra o inimigo de nossas almas e suas hostes espirituais da maldade nos lugares celestiais (Ef. 6.12). Contra nós mesmos (Gl 5.17).

Porém vale a pena lutarmos ao lado de Jesus contra tais coisas, contando com o seu auxílio, pois em Apocalipse 4.10,11: vemos que existirão 24 anciãos que lançaram suas coroas (gr. Stephano) a coroa de vencedor diante daquele que está no trono e que vive para sempre. Estes 24 anciãos são a igreja arrebatada, que glorificará ao Senhor Jesus Cristo, que por eles venceu, durante toda a eternidade. Aleluia!

Diante do teu chamado Senhor Jesus, que cada um de nós possamos dizer, em meio a esta geração laodicense que está surgindo: Sim. “Ora vem Senhor Jesus!” (Ap. 22.20).

Leia também:

A MENSAGEM DE JESUS A GERAÇÃO DE LAODICÉIA (ESTUDO COMPLETO)

http://manejandobemapalavradaverdade.blogspot.com/search/label/A%20Mensagem%20de%20Jesus%20%C3%A0%20gera%C3%A7%C3%A3o%20de%20Laodic%C3%A9ia

O PERIGO DA APOSTASIA. http://manejandobemapalavradaverdade.blogspot.com/search/label/O%20Perigo%20da%20Apostasia.%20%28Carta%20aos%20G%C3%A1latas%29

Bibliografia:

Bíblia de estudo Pentecostal, CPAD.

Manual de escatologia. D. L. Pentecost.

Bíblia de estudo Profética. Ed. Hagnos

sexta-feira, 24 de julho de 2009

JESUS É O MESSIAS PROFETIZADO NAS ESCRITURAS JUDAICAS.

JESUS É O MESSIAS PROFETIZADO NAS ESCRITURAS JUDAICAS.

(AD Jd. Helena 24/07/09)

(Lucas 4.14-21). As profecias bíblicas tratam, entre outros temas, de dois temas importantes e centrais nas Escrituras: Israel e a vinda do Messias. Sobre este segundo tema, elas são mais numerosas e detalhadas do que as que dizem respeito a Israel.

Várias profecias concernentes a primeira vinda de Jesus Cristo foram cumpridas em seu primeiro advento. Arthur T. Pierson (1837-1911) afirmou que há cerca de 332 referências a Cristo, no A. T. Que foram expressamente citadas no N. T. Apenas um Deus onisciente pode realizar tal feito.


Para podermos falar sobre algumas profecias do Antigo Testamento referentes a vida e obra de Jesus Cristo, precisamos antes falar da seguinte verdade: Que Jesus Cristo não é um mito, mas uma pessoa histórica real, assim como narrado nas escrituras.


A Realidade Histórica de Jesus Cristo, conforme narrada nos Evangelhos


Quem é Jesus Cristo? Ele realmente existiu? Tudo o que a Bíblia fala nos evangelhos a seu respeito é verdade? Todo este facínio que Jesus Cristo ainda causa hoje comprova a magnitude de sua influência e a importância de sua pessoa. A história da humanidade é dividida antes a após Ele.


Entretanto durante os séculos tem-se levantado muitas questões em volta de sua pessoa. Há quem diga que Jesus na verdade nunca existiu sendo sua crença uma invenção que surgiu de uma espécie de “culto ao Salvador” provavelmente entre os essênios e que depois foi identificado com Jesus; outros chegaram a afirmar que o Jesus do cristianismo histórico seria provavelmente uma lenda.


Há também quem diga que existiu um Jesus, mas não é o mesmo Jesus Cristo narrado no Novo Testamento. Por exemplo, David Friedrich Strauss (1808-1874), escreveu um livro chamado “Vida de Jesus”, onde falava dos muitos mitos escritos nos evangelhos. Ele, teólogo alemão, chegou a conclusão de que a história de Jesus é quase inteiramente mitológica, colocando em questão a sua realidade histórica.


Um outro escritor que também levantou a questão sobre a realidade histórica de Jesus foi o teólogo Rudof Bultmann (1941), que também provocou grande agitação no mundo bíblico e teológico ao dizer na sua obra “O Novo Testamento e a Mitologia” que os escritores do Novo Testamento tentaram escrever a realidade de acordo com o ponto de vista deles, como eles entendiam suas próprias existências, sem retratarem a realidade, sendo a verdadeira história deixada em segundo plano para que fosse contada apenas a história religiosa. Bultmann declarou: “Tudo o que resta de Jesus é uma chamada escatológica à decisão; o retrato de sua pessoa e obra desapareceu”.


Porém, nos últimos tempos, descobertas arqueológicas tem dado nova luz a estas questões e vem provando a veracidade dos escritos da Bíblia, do N. T. e sobre Jesus Cristo, eventos e pessoas ligadas a ele, através de seus achados. Por exemplo:


Em 07 de maio de 2007, a Universidade Hebraica de Jerusalém, anunciou a descoberta do Herodium a 12 km de Jerusalém, o túmulo de Herodes o grande que ordenou a matança dos inocentes por medo de perder o seu trono, conforme conta Mateus (Mt 2.13-18). Esta descoberta foi feita pelo professor Ehud Netzer, que escava o local desde 1972, tendo seu trabalho interrompido algumas vezes por guerras locais e atos de terrorismo. clip_image004

Heródium- Palácio e tumba de Herodes, o Grande.


Um outro achado aconteceu em 1990, quando trabalhadores que estavam construindo um parque aquático na Floresta da paz em Jerusalém, que fica ao sul do monte do templo, acidentalmente encontraram uma câmara mortuária com 12 ossuários de calcário. Um dos ossuários era bem ornamentado e decorado com rosáceas talhadas, mostrando que pertencia a alguém rico ou de alta posição. Em dois lugares lia-se: Qaifa e Yosef bar Qaifa (“Caifás, José, filho de Caifás”). O Novo testamento o chama apenas de Caifás, mas Josefo apresenta o seu nome completo: “José, que era chamado Caifás do sumo sacerdócio”. Dentro havia os ossos de seis pessoas diferentes, inclusive de um homem de 60 anos, que provavelmente seja os de Caifás. Caifás é conhecido nos relatos dos evangelhos como aquele que profetizou que Jesus morreria pela nação, pondo em andamento o plano de matá-lo e presidindo o julgamento de Jesus, condenando-o após Jesus ter afirmado ser o Messias (João 11.49-53; 18.14; Mt 26.57-68).


clip_image005


Ossuário de Caifás

Poderíamos acrescentar outros achados comprovando a realidade do cenário dos dias vividos por Jesus e os personagens do N.T., porém, para objetivo de nosso estudo, podemos concluir com o mais contundente e comovente de todos:


Em 1968, foi descoberto os restos mortais de um homem crucificado em regiões de em subúrbio do norte de Jerusalém, em um ossuário da época de Jesus. O seu nome “Yohanan bem Ha’galgol” foi baseado na escrita em aramaico do ossuário. A evidência significativa da crucificação deste homem foi um osso de tornozelo ainda perfurado por um cravo de crucificação, tendo 17,7 cm de comprimento e ligado a um pedaço de madeira de cruz encontrado neste ossuário.


clip_image007


clip_image008


Osso de calcanhar encontrado em 1968, que comprova a pratica da crucificação pelos romanos nos dia de Jesus, conforme relato dos evangelhos.


Esses e outros achados arqueológicos comprovam a veracidade do Novo Testamento, assim como a realidade histórica de Jesus Cristo. A partir da verdade da realidade histórica de Jesus, conforme narrada nos evangelhos, podemos afirmar que este Jesus é o Messias prometido através das profecias contidas nas Escrituras Sagradas.


JESUS CRISTO ATRAVÉS DE SUA VIDA PROVOU SER O MESSIAS PROFETIZADO NAS ESCRITURAS HEBRAICAS.


clip_image010


Nenhum dos discípulos de Jesus nem João Batista poderiam crer que Jesus, o Messias, seria crucificado. Na verdade, essas profecias eram ignoradas, pois a morte dele até parecia uma prova de que ele não era o Messias. As profecias referentes a sua morte como por exemplo Sl 22.16; Is 53.5,8-10; Zc 12.10, etc, eram evitadas pelos judeus, pois afinal como poderia o Messias subir ao trono de Davi e estabelecer um reino e uma paz sem fim (Isaías 9.7) e ao mesmo tempo ser rejeitado e crucificado pelo povo?


A verdade é que a morte de Cristo segundo as profecias ocorreu para pagar a penalidade de nossos pecados. Porém existia uma maneira de reconciliar essas aparentes contradições: O Messias deveria vir duas vezes, sendo que na primeira vez ele viria para morrer pelos nossos pecados e a sua segunda vinda, para reinar assentado sobre o trono de Davi.


Porém essas verdades se tornaram claras para os discípulos apenas após a ressurreição de Jesus Cristo. Podemos vê-lo falando as seguintes palavras aos tristes discípulos que vinham pelo caminho de Emaús:

clip_image012

“Ó néscios e tardos de coração para crerem tudo que os profetas disseram! Porventura, não convinha que o Cristo padecesse essas coisas e entrasse na sua glória? E começando por Moisés e por todos os profetas, explicava-lhes o que dele se achava em todas as Escrituras”.(Lucas 24.25-27).

E ainda aos temerosos discípulos ele declarou, após se mostrar vivo:


clip_image014


“E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na Lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos. Então lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras”.(Lucas 24.44-45). Que ensinos maravilhosos, terem as Escrituras interpretadas pelo próprio Senhor!


Em suas pregações seguintes, vemos que os apóstolos pregavam baseados nestas interpretações das profecias dadas por Jesus a seu respeito, profetizadas nas Escrituras:


“Varões israelitas, escutai estas palavras: A Jesus Nazareno, varão aprovado por Deus entre vós com maravilhas, prodígios e sinais, que Deus por ele fez no meio de vós, como vós mesmos bem sabeis; a este foi entregue pelo determinado conselho e presciência de Deus, tomando-o vós o crucificaste e matastes pelas mãos de injustos (...) Deus o ressuscitou (...) por que dele disse Davi (...)” Atos 2.22-31. Nesta passagem, Pedro faz a citação de Salmo 16.8-11, como cumprimento de uma profecia sobre a ressurreição de Jesus Cristo.


Vemos principalmente na pregação de Paulo que ele, através das profecias do Antigo testamento referentes ao Messias, provava que Jesus era o Messias, o Salvador do mundo: “Paulo... por três sábados arrazoou com eles (os judeus em sua sinagoga) acerca das Escrituras... que o Cristo padecesse e ressuscitasse dentre os mortos... é o Cristo (Messias), Jesus, que vos anuncio”. (Atos 17.2-3).


Os judeus esperavam que o messias fosse “Filho de Davi”. Isaías 11.1 diz: “Porque brotará um rebento do tronco de Jessé, e das suas raízes um renovo frutificará. E repousará sobre ele o Espírito do Senhor, e o Espírito de Sabedoria e de inteligência, e o Espírito de conselho e de fortaleza, e o Espírito de conhecimento e de temor do Senhor”.


Também esperavam que ele fosse “Filho de Abraão. Gênesis 12.1-3, Deus diz a Abraão: “E abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra”. Paulo afirma em Gálatas 3.8 que “Deus sabendo que havia de justificar pela fé, anunciou primeiro o evangelho a Abraão, dizendo: Todas as nações serão benditas em ti.” Ver também Gálatas 3.16.


Mateus ao escrever para judeus o seu evangelho de Jesus Cristo, ele parte da seguinte verdade bíblica: “Livro da geração de Jesus Cristo, FILHO DE DAVI, FILHO DE ABRAÃO”.(Mt 1.1).


São muitas as profecias referentes a Jesus Cristo no Antigo Testamento, mas podemos citar algumas principais:


Gênesis 49.9,10: O cetro foi arredado de Judá depois do nascimento de Jesus Cristo, por volta do ano 7, quando os judeus perderam o direito de decretar a pena de morte por causa do domínio romano. Essa profecia diz que enquanto aquele a quem pertence o cetro não viesse, o cetro não seria tirado de Judá.


.clip_image016


Por isso Jesus é chamado de o Leão da Tribo de Judá, ressaltando sua realeza (Ap.5.5).


Isaías 7.14 e 9.6,7: as palavras de abertura e encerramento de um simples oráculo predizendo que uma virgem geraria um filho cujo caráter seria divino (Mt. 1-18-25; Lc. 1.30-35).


Isaías 61.1-3: A unção do Messias e seu ministério de libertação (Lc. 4.17-21).


Daniel 9.25,26ª: A única previsão de uma data para a vinda do Messias. 69 semanas de anos, isto é 483 anos) a partir do decreto para a reconstrução dos muros de Jerusalém no reinado de Atarxerxes (Ed 7.11-13 e resultado Ne 2.1-8;3.1), até a chegada do messias em Jerusalém como Príncipe (cf. Jo 12.12-15).Em Zacarias 9.9 mostra como ele cumpriu esta profecia montado em um jumentinho, segundo alguns estudiosos no ano 32, em 6 e abril (10 de Nissan). Alguns dias depois disso, Jesus foi morto na cruz, exatamente como diz a profecia de Daniel: depois disso o Messias será tirado (Morto)!


Miquéias 5.2: fala do local de seu nascimento. Era muito difícil de se cumprir esta previsão do nascimento do Messias, levando-se em conta que sua mãe vivia mais de 150 Km ao norte em Nazaré (Mateus 2.4-6; Lucas 1.16; 2.1-7)


Isaías 52.13-53.12 Fala de seus sofrimentos e da sua morte pelos pecadores.


Essas e outras profecias cumpridas na primeira vinda de Jesus Cristo, comprovam que ele é o Messias prometido por Deus e que assim como estas profecias relacionadas a sua primeira vinda se cumpriram literalmente, sua segunda vinda é certa. Você já entregou seu coração para Jesus Cristo, convidando-o para perdoar o seu pecado, e ser o seu Senhor e Salvador?


Por Alan G. de Sá


BIBLIOGRAFIA


PRICE, J. Randall. Pedras que Clamam. 1ª Edição. Rio de Janeiro, 2001.Ed. CPAD


CHAMPLIN, Russell Norman. Enciclopédia de Bíblia, Teologia e Filosofia. 7ª edição. São Paulo, 2004 Ed. Hagnos.


BÍBLIA DE ESTUDO PENTECOSTAL. Ed. CPAD.


BÍBLIA NOVA VERSÃO INTERNACIONAL. Ed. VIDA.


BÍBLIA DE JERUSALÉM. Ed. PAULUS.


LAHAYE, Tim. Bíblia de estudo profética. Editora Hagnos.


DICIONÁRIO BÍBLICO WICLIFFE, Ed. CPAD.


HUNT, Dave. A mulher montada na besta. A igreja católica romana e os últimos dias. Porto Alegre, 2001. Ed. Actual.


NA INTERNET:


Imagens Google.


http://www.advilaparanagua.com.br/paginas/arqueologia.html


http://scienceblogs.com.br/carbono14/2009/04/um_crucificado_chamado_joao.php


http://g1.globo.com/Noticias/0,,MUL730764-9982,00-PESQUISA+SOBRE+JESUS+HISTORICO+RETRATA+CRISTO+MAIS+HUMANO+MAS+NAO+AMEACA+FE.html


http://www.christiananswers.net/portuguese/q-abr/abr-a026p.html


http://artedartes.blogspot.com/2009/05/cristianismo-reconstituicao-historica.html

quarta-feira, 22 de julho de 2009

FAESP -BÁSICO EM TEOLOGIA PRESENCIAL POR R$ 100,00 MENSAIS!

FAESP – BÁSICO EM TEOLOGIA PRESENCIAL POR R$ 100,00 MENSAIS!

clip_image001

clip_image002http://www.faesp.net/v2/?p=2
clip_image003

ATENÇÃO!!!!!!

BÁSICO EM TEOLOGIA PRESENCIAL, APENAS R$100,00 MENSAL. NÃO PERCA ESSA OPORTUNIDADE, VAGAS LIMITADAS!!!!

FAÇA JÁ A SUA INSCRIÇÃO!!!!TEL:2796-9122 RAMAL 215.

Já estão abertas as INSCRIÇÕES para o Segundo Semestre de 2009 para os cursos de Teologia nos níveis Básico, Médio e Bacharel. Para o curso Bacharel de Nível Superior (Autorizado pelo MEC), você pode agendar sua prova seletiva para o dia que lhe convier, até 31 de Julho.
Não PERCA TEMPO, faça já sua incrição e venha estudar na FAESP.

ATENÇÃO!!!!!!

BÁSICO EM TEOLOGIA PRESENCIAL, APENAS R$100,00 MENSAL. NÃO PERCA ESSA OPORTUNIDADE, VAGAS LIMITADAS!!!!

FAÇA JÁ A SUA INSCRIÇÃO!!!!TEL:2796-9122 RAMAL 215.

http://www.faesp.net/v2/?p=2

segunda-feira, 20 de julho de 2009

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A GRIPE SUÍNA (H1N1)

 Questionário de Utilidade Pública

publicação de João Cruzué - Blog Olhar Cristão (http://olharcristao.blogspot.com)
livre para cópias e reproduções

clip_image001
Organização Mundial de Saúde

"A principal via da transmissão do vírus da gripe suína (H1N1) é muito semelhança ao da influenza sazonal, isto é, através de gotículas que são expulsas ao falar, espirrar ou tossir. Você pode prevenir a infeccão evitando o contato com pessoas com sintomas parecidos com uma gripe, mantendo uma distância de um metro, aproximadamente, se possível, além de tomar as seguintes providências:
1 - Evitar tocar sua boca e nariz
2 - Limpar completamente as mãos com água e sabão ou álcool em gel;
3 - Evitar ficar perto de pessoas que possam estar com gripe;
4 - Reduzir o tempo gasto em aglomerações, se possível;
5 - Melhorar a ventilação do seu ambiente abrindo janelas;
6 - Praticar hábitos saudáveis, como sono adequado, alimentação nutritiva e praticar exercícios físicos.

(Fonte:OMS, tradução de João Cruzué)

)PERGUNTAS E RESPOSTAS

1 - Onde o vírus da gripe suína é encontrado no ambiente?

Quando uma pessoa portadora espirra, tosse ou fala, o vírus pode se alojar em superfícies lisas como: maçanetas, dinheiro, papel, documentos - sempre onde houver umidade. Já que é impossível esterilizar o ambiente, recomenda-se radicalizar com a higiene das mãos.

2 - Quando se deve usar a máscara cirúrgica?
Se você não estiver doente não deve usar máscara. Mas é fundamental usá-la quando estiver cuidando de alguém infectado. E descartá-la imediatamente assim que sair de perto dessa pessoa, bem como lavar várias vezes as mãos.

Caso esteja infectado com esta gripe, e for obrigado a viajar ou ficar perto de pessoas, você deve cobrir seu nariz e a boca.

O uso correto da máscara em cada situação é essencial. O uso incorreto, na verdade, leva ao aumento das chances de espalhar a doença.

3 - Qual a utilidade do álcool em gel para a limpeza das mãos?

Torna o vírus inativo se ele estiver nas mãos..
4 - Qual é a forma de contágio mais eficiente deste vírus?
Por contato, principalmente. A via aérea não é a mais efetiva para a transmissão. O fator mais importante para que se instale o vírus é a umidade, (mucosa do nariz, boca e olhos). O vírus não voa. Não alcança mais de um metro de distância.
5 - É fácil o contágio em aviões?

O ambiente não é propício para ser infectado.
6 - Como posso evitar o contágio?
Não passar as mãos no rosto, olhos, nariz e boca. Não ficar com pessoas com a gripe. Lavar as mãos ao menos 10 vezes por dia. Principalmente entre os dedos. Ao chegar no trabalho. Na escola. Em casa.
7 - Qual é o período de incubação do vírus?

Em média de 5 a 7 dias. Os sintomas aparecem quase imediatamente.
8- Quando se deve começar a tomar o remédio?
Dentro das 72 horas os prognósticos são muito bons, a melhora é de 100%. Atenção: sempre com receita médica.
9 - De que forma o vírus entra no seu corpo?
Por contato, ao dar a mão ou beijar no rosto. Pelo nariz, boca e olhos, ao ficar próximo a infectados que tussam, espirrem..
10 - O vírus é mortal?
Não, o que ocasiona a morte é pneumonia. Uma complicação da doença causada pelo vírus.
11 - Qual risco dos familiares de parentes falecidos com a gripe?

Podem ser portadores e uma rede de transmissão em potencial.
12 - A água de tanques ou de caixas transmite o vírus?
Não, porque contêm cloro e outras químicas.
13 - O que faz o vírus para provocar a morte?
Uma série de reações como deficiência respiratória. Uma pneumonia severa é o que ocasiona a morte.
14 - Quando se inicia o contágio: antes dos sintomas ou até que se apresentem?
Desde que se tenha o vírus, antes dos sintomas.
15 - Qual é a probabilidade de se recair com a mesma doença?
De 0%, (zero porcento) porque a pessoa fica imune ao vírus.
16 - As pessoas asmáticas são mais propensas ao contágio pelo vírus da gripe suína?
Sim, são pacientes mais suscetíveis. Mas como se trata de um germe novo, todos igualmente são suscetíveis.
17 - Qual população está sendo atacada por este vírus?
Pessoas de 20 a 50 anos de idade.

18 - Quanto tempo vive o vírus da gripe "suína" numa maçaneta ou superfície lisa?

Resposta: Até 10 horas.

19 - Posso fazer exercício ao ar livre?
Sim. O vírus não anda no ar nem tem asas.
20 - O uso da Vitamina C tem algum valor?

Ela não serve para prevenir o ataque. Pode ajudar na resistência imunológica. Não se auto medique. Siga as orientações do médico.
21 - Quem está a salvo desta doença ou quem é menos suscetível?
Ninguém está a salvo. Por isso tome medidas preventivas, como a boa higiene dentro de lar, escritório, utensílios.
22 - O virus se move?
Não, o vírus não tem nem patas nem asas. A pessoa é quem o coloca dentro do próprio organismo.
23 - Animais de estimação são portadores deste vírus?
Deste vírus não. Provavelmente, contagiem outros tipos de vírus.
24 - Se eu for ao velório de alguém que morreu com a gripe suína posso me contagiar?
Com o morto não. Com os vivos já contaminados, sim.
25 -Qual é o risco para mulheres grávidas?
Mulheres grávidas têm o mesmo risco para dois. Uso de remédios antivirais, em caso de de contagio, só com estrito controle médico.
26 - O feto pode ter lesões se uma mulher grávida estiver contagiada?

Não sabemos que estragos possam ocorrer no processo já que é um vírus novo.
27 Posso tomar ácido acetilsalicílico (aspirina)?
Não é recomendável. Pode ocasionar outras doenças. A menos que você tenha prescrição médica, por problemas coronários.
28 - Adianta tomar medicamentos antivirais antes dos sintomas?
Não têm eficácia.
29 No caso da gripe “suína” pessoas com AIDS, diabetes, câncer, etc., têm maiores complicações que uma pessoa sadia?
SIM.
30 - Uma gripe convencional, forte, pode se converter em gripe “suína”?
NÃO!
31 - O que mata vírus (H1N1) da gripe “suína”?
O sol. Mais de 5 dias no meio ambiente. O sabão. Álcool em gel. E antivirais com prescrição médica.
32 - O que é feito nos hospitais para se evitar contágios a outros pacientes não infectados pelo vírus?
Medidas de isolamento.
33 - O álcool em gel é efetivo para evitar o contágio?
SIM! Muito efetivo.
34 - Se eu fui vacinado contra a influenza estacional, também tenho imunidade ao vírus da gripe suína?

Não! Ainda não existe vacina disponível contra este vírus.
35 - O vírus da gripe “suína” está sob controle no Brasil?

Não totalmente, apesar das medidas agressivas de contenção efetivas pelas autoridades sanitárias.
36 - O que significa passar de alerta 4 para o alerta 5?

A fase 4 não difere muito da fase 5. Significa que o vírus se propagou de pessoa-a-pessoa em mais de dois países. E fase 6 quer dizer que um vírus se propagou para mais de 3 países.
37 - Crianças com tosse e gripe têm influenza A ou gripe “suína”?
É pouco provável, pois as crianças têm sido pouco afetadas.
38 - Posso me contagiar ao ar livre?
Desde que haja pessoas infectadas que tussam ou espirrem perto de você, é possível.
39 - Posso comer carne de porco?

Sim, porque não há risco de contágio.

Revisão de redação por João Cruzué

Dra. Ismênia Ferreira S. da Silva é advogada do depto jurídico da AHM - P. Município de São Paulo

sexta-feira, 17 de julho de 2009

A PROFECIA BÍBLICA: DEUS NOS TRAZ ESPERANÇA PARA O FUTURO DA HUMANIDADE (estudo entregue na AD Jd. Helena em 17/07/2009)

A PROFECIA BÍBLICA: DEUS NOS TRAZ ESPERANÇA PARA O FUTURO DA HUMANIDADE.

(Is 41.21-23; 46.9-10)

clip_image002

A profecia no AT é um oráculo profético ou uma mensagem a ser transmitida ao povo, era tida como um “peso” ou (hebraico massa), “sentença” e respeito de algo, que da parte de Deus vinha sobre a alma do profeta até que ele pudesse pronunciá-lo (Pv 30.1 e 31.1; Is 13.1; Hc 1.1; Zc 9.1 etc). No NT á a Palavra grega propheteia, que pode referir-se a uma atividade profética ou a “profetizar” (Ap 11.6), ao dom de profecia ou a “profetizar” (Rm 12.6; 1 Co 12.10) e a declarações proféticas (Mt 13.14; 1 Ts 5.20).

O profeta bíblico tinha a função de prenunciar, no sentido de falar em nome de Deus, sendo seu porta voz; também Profetizar, no sentido de prever o futuro, entre outros aspectos do ministério profético.

A profecia bíblica é a chave tanto para entender o passado como o futuro. O cumprimento de muitas profecias bíblicas tem desafiado aos céticos. O fato de muitas profecias bíblicas terem seu cumprimento, mostram se elas são confiáveis ou não.

Cerca de 30% da Bíblia é dedicado à profecia. Não vemos profecias em outros escritos das demais religiões mundiais. Apenas esse fato já é o sinal claro de aprovação de Deus sobre a crença judaico-cristã. Ela, a profecia bíblica estabelece prova inegável da existência do próprio Deus que inspirou os profetas e que Sua Palavra é infalível, mostrando os seus eternos propósitos para a humanidade e o meio de salvação para todos os que crêem na Sua palavra.

Através das profecias Bíblicas, Deus nos traz esperança para o futuro da humanidade.

I-A PROFECIA BÍBLICA TRAZ ESPERANÇA PORQUE ATRAVÉS DELA DEUS SE REVELA COMO O SENHOR DA HISTÓRIA.

Em Deuteronômio 18.21, Deus através de Moisés responde a pergunta que os israelitas fariam diante dos profetas, para saberem se a profecia era de Deus ou não:

“Como conheceremos a Palavra que o Senhor não falou?”

No versículo 22, Deus responde dizendo que se a Palavra que o tal profeta disse em nome do Senhor não se cumprir, esse profeta não falou em nome do Senhor; esse profeta não precisaria ser temido.

O cumprimento da profecia é importante para a defesa da fé, como autenticidade da Palavra inspirada de Deus. No antigo oriente próximo, onde as nações vizinhas tinham muitas divindades, o contexto da fé de Israel era muitas vezes uma competição entre deuses nacionais. Nessa guerra para ver quem era o “verdadeiro deus”, o deus da nação cuja colheita fosse mais abundante ou seu exército fosse vitorioso, era considerado o mais poderoso. Era uma guerra espiritual.

Então, como o judeu poderia diferenciar o verdadeiro Deus, dos deuses das nações vizinhas? Através de Isaías, Deus desafiou as nações com suas divindades pagãs a mostrarem provas da sua divindade:

“Apresentai a vossa demanda, diz o Senhor, trazei as vossas firmes razões, diz o Rei de Jacó. Tragam e anunciem-nos as coisas que hão de acontecer; anunciai-nos as coisas passadas, para que atentemos para elas e saibamos o fim delas; ou fazei-nos ouvir as coisas futuras. Anunciai-nos as coisas que ainda hão de vir, para que saibamos que sois deuses; fazei bem ou fazei mal, para que nos assombremos e, juntamente, o vejamos.” (Is 41.21-23)

Se um deus não é capaz de predizer o futuro, Deus conclui dizendo no v.24: “Eis que sois menos do que nada; abominação é quem vos escolhe.”

Mais tarde, ainda em Isaías, 46.9-10, ele diz:

“Lembrai-vos das coisas passadas desde a antiguidade: que eu sou Deus, e não há outro Deus, não há outro semelhante a mim; que anuncio o fim desde o princípio e, desde a antiguidade, as coisas que ainda não sucederam; que digo: o meu conselho será firme, e farei toda a minha vontade.”

Deus escolheu demonstrar sua onipotência através dos milagres, no entanto, a sua onisciência, Deus escolheu mostrar através da sua declaração sobre o futuro. Deus através de seus profetas, falou sobre o início e fim de reinos, por exemplo: Em Isaías 45, Ciro, fundador do Império Persa, foi profetizado como sendo o ungido de Deus para dominar sobre reis, lugares fortificados e libertar os judeus do cativeiro babilônico (Is 44.28; Is 45.1-14). Essa profecia foi pronunciada em torno de 140 antes de seu cumprimento. Em cerca de 539 a.C, Ciro conquistou Babilônia. Sob o seu governo, os judeus tiveram permissão para sair do exílio, e reconstruir sua pátria, Jerusalém e o Templo, como está registrado em Ed 1, trazendo esse assombroso cumprimento da profecia.

clip_image004

Em 1879 d.C, a descoberta do Cilindro de Ciro, que atualmente encontra-se exposta no museu Britânico, em Londres, confirmou ainda mais claramente este registro bíblico. Nesse cilindro de pedra, está gravada uma declaração de Ciro na qual ele afirma que como o povo de Babilônia recebeu sua autoridade sem violência, ele passou a remover o jugo do cativeiro e restaurar os edifícios dos que estavam em Babilônia.

Através deste e outros exemplos de profecias bíblicas cumpridas, Deus nos traz esperança, pois através da Sua Palavra Ele se revela como o Senhor da história!

II-A PROFECIA BÍBLICA TRAZ ESPERANÇA PORQUE MOSTRA QUE DEUS NÃO É PEGO DE SURPRESA COM A SITUAÇÃO HUMANA E MUNDIAL.

Apesar de todo desenvolvimento humano, e da sua atual corrupção moral, que tem afetado sua vida em todas as áreas, Deus nos revela através de sua Palavra que Ele cumprirá o seu propósito em relação à humanidade, mesmo diante da sua situação atual, que através de seus profetas nos revelou há mais de 2000 anos atrás:

· Tecnologia: (Daniel 12.4 “muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará.”

São notáveis hoje os avanços da ciência em todas as áreas da vida humana.

clip_image006

Ap 13.16-18: A Marca da Besta: Hoje já existem microchips que possibilitam o cumprimento desta profecia bíblica.

· Comunicação: (Mt 24.14; Ap 11.7-10; 13.3.) A expressão “toda a terra” “viu” ou “acompanhou” hoje é possível através da informação em tempo real, quando qualquer evento em qualquer lugar do mundo pode ser acompanhado em tempo real.

· Declínio Moral: (Lc 17.26-30). Jesus disse que nos dias da sua vinda, a moralidade humana seria semelhante a da geração de Noé, cheia de violência e imoralidade.

· Israel: Em Isaías 43.10, Deus diz que Israel, o povo judeu, são Suas testemunhas para o mundo de que Ele é Deus. Judeu6De fato, podemos ver ao longo da história desta nação, muitas profecias bíblicas a seu respeito que foram cumpridas com precisão como a dispersão deles pelas nações (Dt 28.64; 1 Rs 9.7; Ne 1.8; Am 9.9; Zc 7.14), preservação como nação (Jr 30.11; 31.35-37), e que Jerusalém seria pedra pesada para as nações (Zc 12.3)

Judeus durante o holocausto

III-A PROFECIA BÍBLICA TRAZ ESPERANÇA PORQUE ATRAVÉS DELA, DEUS NOS DÁ A CERTEZA DA VINDA DE SEU FILHO JESUS CRISTO.

Diante de tais evidências podemos ter esperança para o futuro da humanidade, que Deus irá reinar, irá consumar o Seu eterno plano, revelado ao profeta Daniel a cerca de 2.500 anos atrás:

Eu estava olhando nas minhas visões de noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem; e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele. E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino, o único que não será destruído”.(Daniel 7.13-14)

A Bíblia é a Palavra de Deus. Através dela, Deus nos revela o seu Plano para toda a humanidade: Resgatá-la através de Jesus Cristo, Seu único Filho. O cumprimento da profecia bíblica é o selo da aprovação divina dessa eterna e valiosa verdade. Jesus Cristo já é o Senhor e Salvador de sua vida? Hoje, ainda há tempo. Ele ama você:

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3.16)

Por Alan G. de Sá

BIBLIOGRAFIA

BÍBLIA DE ESTUDO PENTECOSTAL. Ed. CPAD.

LAHAYE, Tim. Bíblia de estudo profética. Editora Hagnos.

DICIONÁRIO BÍBLICO WICLIFFE, Ed. CPAD.

HUNT, Dave. A mulher montada na besta. A igreja católica romana e os últimos dias. Porto Alegre, 2001. Ed. Actual.

LAHAYE, Tim. JENKIS, Jerry B. Estamos vivendo os últimos dias? 2001.Ed. United Press.

PENTECOST, J. Dwigth. Manual de escatologia. Uma análise detalhada dos eventos futuros. São Paulo, 2006.Ed. Vida.

PRICE, Randall. Pedras que clamam. Ed. CPAD.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Cilindro_de_ciro

Imagens do Google

terça-feira, 14 de julho de 2009

MENSAGEM EM VÍDEO: O MEU CORAÇÃO EXULTA NO SENHOR

MENSAGEM EM VÍDEO: O MEU CORAÇÃO EXULTA NO SENHOR

(1 Sm 2.1-2). Gravado na AD Jd. Helena, Itaquerão, dia 05-01-2009, na abertura da Campanha de gratidão e louvor a Deus pelo novo ano, dirigida pelo nosso querido Pr. Local Natanael P. Oliveira.

Parte 1


Parte 2

Parte 3

Parte 4

Parte 5

Parte 6

Parte 7

Parte 8

segunda-feira, 13 de julho de 2009

O MEU CORAÇÃO EXULTA NO SENHOR

O MEU CORAÇÃO EXULTA NO SENHOR (I Sm 2.1-2)

clip_image002

Nesse relato de Ana, sua oração perseverante a Deus e a Sua resposta a oração de Ana, nos trazem importantes lições de gratidão a Deus, pois nós temos a tendência de sempre pedirmos à Ele e nunca agradecemos. “O meu coração exulta no Senhor” (2.1). “Exultar” quer dizer “sentir e manifestar grande júbilo ou alvoroço; jubilar-se; alegrar-se; regozijar-se ao extremo”. Ao dizer isso, Ana estava dizendo que a alegria do coração dela e a sua satisfação era o Senhor.

A Palavra de Deus nos exorta a entrar na presença de Deus louvando e bendizendo seu nome: “Entrai pelas portas dele com louvor, em seus átrios com hinos, louvai-o e bendizei o seu nome”.(Sl 100.3). Não é errado pedirmos à Ele, mas “...as vossas petiços sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas, com ação de graças.” (Fp 4.7)

Através deste exemplo de Ana,quando paramos para refletir em tudo o que Deus tem feito para nós e por nós através de Jesus Cristo, vemos que temos muitos motivos para nos alegramos e sermos gratos ao Senhor. Por meio desta mensagem queremos refletir em alguns motivos, entre tantos, que temos para nos exultar, nos alegrarmos e sermos gratos a Deus.

O MEU CORAÇÃO EXULTA, SE ALEGRA NO SENHOR, PORQUE SEI QUE TODAS AS COISAS CONTRIBUEM PARA O BEM DAQUELES QUE O AMAM.

Esta é uma verdade preciosa para os servos de Deus de todas as gerações: “E sabemos que todas as coisas contribuem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto”. (Rm 8.28)

A vida de Ana não era fácil. Ana não queria ter um filho simplesmente por uma disputa com a outra mulher de Elcana, Penina (I Sm 1.6). Na sociedade da época, a mulher que não tinha filhos era tido por uma mulher que estava sobre juízo divino, ela teria feito alguma coisa grave contra Deus e sua Lei. Ela era discriminada socialmente por isso, e apesar no amor de Elcana por ela, se angustiava por isso. Mas a Bíblia traz uma verdade consoladora: “O Senhor lhe tinha cerrado a madre”. (I Sm 1.5)

Creio que Ana orava ano após ano vendo Penina tendo outros filhos, mas Deus tinha para ela um propósito específico, e através dela veio Samuel, que foi muito importante na história de Israel, sendo papel principal na transição de Israel da administração dos juízes para a Monarquia, ajudando a Israel se consolidar como nação.

Deus permite que venham sobre nós, ainda com a nossa perseverança em segui-lo, situações que nos frustam, mas se temos nossa vida entregue na mão do Senhor, devemos confiar nEle.

Por ter um tempo certo na vida de Ana, muitas vezes ela ouviu do Senhor “não” como resposta. Devemos ser gratos a Deus quando ele responder não para nós, como Paulo fez diante desta situação (2 Co 12.7-10).

O MEU CORAÇÃO SE EXULTA NO SENHOR POR QUE EU SEI QUE MESMO QUE OS HOMENS NÃO ME ENTENDAM, EU SEI QUE ELE ME ENTENDE, OUVE E ATENDE A MINHA ORAÇÃO.

Ao ir para o templo, Ana, na sua angústia, orava. Palavras não saiam de sua boca e foi tido por Eli, sacerdote do templo, como embriagada (I Sm 1.14).

Ela podia abandonar tudo, pois até mesmo o homem que deveria ser instrumento de Deus para benção, a discriminou. Muitos abandonam ao Senhor pela falha dos outros ou escândalo de seus líderes. Mas como Ana, devemos ser gratos e confiar nele, mesmo na imperfeição dos homens.

O MEU CORAÇÃO SE EXULTA NO SENHOR PORQUE ELE PODE FAZER MUITO MAIS ALÉM DAQUILO QUE PEDIMOS OU PENSAMOS.

Ana queria apenas um filho. Naquela época um filho homem traria lucro para a família, pois seria trabalhador, ajuntando terras e animais, a mulher daria lucro apenas com o dote do casamento. Ana não pensou nisso. Ela queria apenas um filho e o ofertaria ao Senhor: “Senhor dos Exércitos, se benignamente atentares ao coração da sua serva, e de mim se lembrares, e da tua serva não te não esqueceres, mas a tua serva deres um filho varão, ao Senhor o darei por todos os dias da sua vida, e sobre asua cabeça não passará navalha”. (I Sm 1.11)

O Senhor não lhe deu apenas Samuel, mas “visitou o Senhor a Ana, e concebeu e teve três filhos e duas filhas...” (I Sm 2.21). Ela pediu um só, o senhor lhe abençoou com cinco! Bendito seja o seu nome!

Glorifiquemos e sejamos gratos a Deus pois assim Ele também tem agido na vida de todos os seus servos: “Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera,a esse glória na Igreja, por Jesus Cristo, em todas as gerações, para todo o sempre. Amém!” (Ef. 3.20-21)

O MEU CORAÇÃO SE EXULTA, SE ALEGRA NO SENHOR PORQUE AINDA QUE NÃO MERECÍAMOS, FOMOS ALCANÇADOS PELA SUA GRAÇA!

O nome Ana em hebraico significa “Graça, favor”. Devemos ser gratos ao Senhor, e nos alegrarmos nele porque ainda que não merecíamos ele nos alcançou com a sua graça, não porque éramos bons, pois estávamos “mortos em ofensas e pecados,... andando segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que, agora, opera nos filhos da desobediência...nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos e por natureza filhos da ira...”(Ef 2.1-3)

Entretanto, devemos ser gratos e nos alegrar no Senhor, “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. (Jo 3.16)

Sejamos gratos ao Senhor e nos alegremos nele, por tudo que Ele é e tem feito por nós. Se você ainda não se entregou a Cristo, receba Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador, se arrependendo de seus pecados, e assim terás o primeiro e maior motivo, dentre muitos de exultar, se alegrar e agradecer a Ele!

sexta-feira, 10 de julho de 2009

UM BELO LOUVOR A DEUS! QUARTETO KLAME

UM BELO LOUVOR A DEUS! QUARTETO KLAME

Fiquei muito feliz em receber este vídeo, vendo a vitória e cumprimento de promessa de Deus na vida de nossas irmãs! Deus abençoe!

segunda-feira, 6 de julho de 2009

EVANGELISMO INFANTIL: DESENVOLVENDO TRABALHO COM CRIANÇAS QUE NÃO CONHECEM E JÁ CONHECEM JESUS

EVANGELISMO INFANTIL: DESENVOLVENDO TRABALHO COM CRIANÇAS QUE NÃO CONHECEM JESUS

por Gladis Cassapian Barbosa

danegla@ig.com.br

Da direita para esquerda: Gladis, seus filhos Vinícius e Laura, seu esposo Pr.Danilo e Evangelista Alan.

•Formação acadêmica : magistério, letras, psicopedagogia e missões
•Área de atuação profissional : professora de educação infantil e 1ª a 4ª série
•Professora da graduação teológica
•Assessora pedagógica
•Área de atuação ministerial : ministério infantil e missões
-Igreja : Batista em Vila Pompéia

Música – cantar bem altoCD Balangalá – IB Central de Fortaleza

Cantar bem alto
Eu vou cantar bem alto-2 x
Jesus é meu amigo e o que ele me ensinou
Eu quero obedecer para poder crescer.
Jesus é meu amigo e o que ele me ensinou , eu quero obedecer para poder crescer.
Eu vou cantar bem baixo...
Eu vou bem alto...

Passos para levar a criança a Cristo

1.Conhecer sua história de salvação (AC,CRUZ,DC)
2.Exponha o evangelho com ferramentas e linguagens acessíveis à criança(evangelho centralizado na criança)
3.Oração(pedir perdão,pedir orientação,agradecer)
4.Comunique aos pais a decisão da criança

Agora é a sua vez de tentar:

1.Pecado
2.Punição
3.Crucificar
4.Salvador
5.Ressurreição
6.Peça a Jesus para entrar em seu coração
7.Liderar ou ser liderado
a.Se envolveu em problemas, apanhou, brigou,etc..
b. Peça a Ele te perdoe e seja sempre seu amigo
c.Coisa feia, coisas erradas
d.não está morto
e.Alguém que concorda em lutar por você
f.Siga o que Jesus diz e peça a Ele para te ajudar a fazer a coisa certa
g.Morreu na cruz


Ferramenta –Livro sem palavras


Livro sem palavras
(montagem da pulseira)
Amarelo/dourado – céu
Cor escura – erro
Vermelho – sangue de Cristo
Branco – coração livre do erro
Verde – crescimento espiritual

Ferramenta – projeto educacional Mundo das cores


•Aborda o livro sem palavras de forma mais profunda
•Destina-se uma aula para cada cor
•È a base, não posso tratar com crianças que não conhecem a Jesus como se já soubessem sobre ele
•Rotina das aulas (música,oração,caixa-surpresa,história, atividade, jogos bíblicos e registros)
•Variar sempre a estratégia da história(dedoche,fantoche,flaneló grafo, dramatização,TV de sucata)
•Criar rotina !

Dicas importantes

•Não infantilizar a fala
•Não usar o “evangeliquês”
•Não forçar a criança a ser amiga de Jesus
•Não ofender outras religiões, a criança pode pertencer a uma delas


Música – Esse é o povo que louva ao Senhor

Esse é o povo que louva ao Senhor
Esse é o povo que louva ao Senhor
É o povo que tem muita fé que confia em Deus e que louva ao Senhor
Cabeça acima, cabeça abaixo e vai mexendo de lado a lado – 2x
Ombro...
Joelho..
Pé....

Desenvolvendo o trabalho com crianças que já aceitaram a Jesus
Profª Gladis Cassapian Barbosa


FAIXAS ETÁRIAS:

Berçário

Ensinar informalmente( troca de fraldas, alimentação)
Música evangélica suave (sugestão: Dorme em paz)
Livros de pano e plástico podem ser lavados
Educar, não só cuidar!
Utilize espelho, materiais concretos
Manter no espaço só a equipe, os bebês e ocasionalmente mães que venham amamentar.
Tema: O que Deus criou(bebê,mãe,pai,natureza)
Repetir muitas vezes a mesma música e a mesma história.
Maternal – 2 e 3 anos
Sala –arejada,iluminada e com temperatura agradável
Brincadeira livre,roda, música,história curta,atividade,lanche,brincadei
ra dirigida.
No mínimo 2 professores.
Sugestão (trainee)
Materiais concretos;fantoches, peixes,conchas, utensilios do lar, fotos
Tema e música– um por mês

MÚSICA – mundo de criança

Meu mundo de criança, de brincadeira tem bola de gude e escorregador
Meu mundo de criança tem papagaio, video game tem também.
Meu mundo de criança de brincadeira tem também um inventor o papai do céu que fez você e eu e ama a todos nós – 2 x
Meu mundo de criança de brincadeira tem também um inventor o papai do céu que fez você e eu e ama a todos nós
Que ama a todos nós – 3 x

Principiantes – 4 e 5 anos

Idade do "fazer de conta"
Dramatização é um recurso muito interessante
È a hora de aprender a compartilhar e se relacionar com os outros
Temas – histórias bíblicas e da vida real que ensinem sobre: oração,obediência, controlar impulsos,a Bíblia como recado de Deus
Jogos e brincadeiras

Primários – 6 a 8 anos

Boa memória e imaginação
Fase dos porques(impacientes)
Gostam de ler
Gostam de expor suas ideias e de coisas engraçadas
Enfase na linguagem (ex: Pedro pulava de alegria)
Idade boa para decorar versículos
São competitivos - gincanas,jogos, premiação)


Juniores – pré-adolescentes

Atividade com compromisso
Senso de justiça apurado
Colecionador
Competidor
Já entende e reconhece o pecado
temas – heróis da Bíblia,geografia bíblica,acontecimentos atuais
O educador deve estar ‘antenado’ com games,jogos,roupas,programa televisivo

 
Sugestão - Recursos,DVD´S,CD´S,livros

TV de sucata
Caixa-surpresa
Fantoche de meia
História em retroprojetor
História em potes
Dramatização
História com objetos, frutas
DVD – Diante do trono
CD – Diante do trono,balangalá,IBAB Kids,Dorme com Deus,pedacinhos da Bíblia,Cantando a Bíblia com a garotada
Livros – 52 maneiras de memorizar a bíblia,52 jogos para aprender a Bíblia,jogos para crianças

Música – Leia a Bíblia e faça oração

Leia a Bíblia e faça oração(RÁ),faça oração(TIM),faça oração (BUM)
Leia a bíblia e faça oração se quiser crescer,se quiser crescer,se quiser crescer
RÁ-TIM-BUM
Leia a Bíblia e faça oração se quiser crescer
Quem não ora e a Bíblia não lê (RÁ),Bíblia não lê (TIM), Bíblia não lê (BUM)
Quem não ora e a Bíblia não lê,diminuirá,diminuirá,diminuirá
RATIMBUM
Leia a Bíblia e faça oração se quiser crescer.

domingo, 5 de julho de 2009

DEIXE DEUS TE USAR EM ORAÇÃO!

Missão Portas Abertas

DEIXE DEUS TE USAR EM ORAÇÃO!

"SENHOR, tem misericórdia de nós; pois em ti esperamos! Sê tu a nossa força cada manhã, nossa salvação na hora do perigo."Isaías 32.3

Talvez, por causa das esperanças frustradas e agressões, nossos irmãos perseguidos pensem em desistir da caminhada de fé. Mas o profeta diz que, logo pela manhã, Deus nos reveste de força e nos salva na hora do perigo.

A família do pastor William Reyes, da Colômbia, teve que se mudar de sua cidade por causa de ameaças feitas pelos prováveis sequestradores do pastor. O local de destino de Idia Miranda Reyes e seus filhos é desconhecido. Ore pela segurança e estabilidade dessa família.

Um tribunal do Egito negou o pedido de Maher El-Gohary, que tentava alterar a informação em seu documento de identidade de "muçulmano" para "cristão". Apesar de frustrado, Maher disse que não vai desistir de seu objetivo.

Em Bangladesh, Tapon Biswas foi gravemente agredido por quatro homens hindus. O jovem pertence à única família cristã de sua vila. Esses cristãos têm sofrido muita discriminação, e precisam de nossas orações. Clame a Deus por justiça.

Nesse tempo de manifestações e protestos por causa das eleições no Irã, a Missão Portas Abertas criou uma página especial, apresentando a situação atual do país, dando ênfase na opinião dos cristãos iranianos sobre os últimos acontecimentos.

Não importa quão ruim seja a situação que estamos vivendo, sabemos que podemos contar com a força que Deus nos dá a cada manhã. Deixe Deus te usar em oração, para que nossos irmãos perseguidos tenham a certeza de que não estão sós, e que a salvação de Deus os alcançará, a eles e a nós, aonde quer que estejamos.Louve a Deus pela força dada a nós a cada manhã.

Deborah Stafussi

Editora

www.portasabertas.org.br

Agora temos nossos videos no YouTube! Nosso canal no YouTube

Agora temos nossos videos no YouTube! Nosso canal no YouTube
ACESSE E DIVULGUE:http://www.youtube.com/user/Alangomessa

Deus vos abençoe através destas mensagens.

Ev. Alan g. de Sá

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...