quarta-feira, 30 de setembro de 2009

JESUS CRISTO O MAIOR PERSONAGEM DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE.

JESUS CRISTO O MAIOR PERSONAGEM DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE.

SJesusCristoCapaubsídio à lição nº 1, 04 de Outubro de 2009. para www.ebditaquerao.blogspot.com)

“E chegando Jesus às partes de Cesaréia de Felipe, interrogou os seus discípulos dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?”. (Mt 16.13)

Essa pergunta de Jesus registrada nos evangelhos, feita aos discípulos na antiga cidade de Paneas, localizada em Dã, uns quarenta quilômetros ao norte do mar da Galiléia, ainda ecoa na mente e nos corações dos homens mesmo depois de passados dois mil anos. Ele existiu? Tudo que foi falado sobre ele é real? O mesmo Jesus da Bíblia é de fato o Jesus da história? É Jesus o Messias, o Salvador do mundo?

Como disse Deus, através destes versículos (Is 55.8-11), Ele estava realizando em Jesus Cristo a reconciliação entre Deus e os homens. Quem olhava para aquele carpinteiro de Nazaré não imaginava que em Jesus Cristo não estava apenas um homem extraordinário, não imaginava que “nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade” (Cl 2.9), não imaginava que “Deus se manifestou em carne” (1 Tm. 3.16). Em Jesus Cristo, a eternidade entrou na história humana. Deus andou entre os homens. (Mq. 5.2; Jo 1.10)

I. CONDIÇÕES DO MUNDO PARA A VINDA DE JESUS CRISTO.

Antes de falar da sua influência na história da humanidade, é importante ressaltar que foi necessário Deus conduzir a história da humanidade de modo a criar as condições propícias, favoráveis para a vinda de Jesus Cristo. É isso que Paulo diz quando escreve aos Gálatas, conforme vemos em 4.4, 5:

“Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou o seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei”.

Foi quando chegou a plenitude dos tempos, no tempo certo, em que Deus havia preparado o mundo, ele enviou Seu Filho Jesus Cristo, para o mundo. Deus conduz a história da humanidade. Vejamos como era a situação do mundo na época do nascimento de Jesus Cristo:

A) Contribuição dos Romanos: (Lucas 2.1-2). Quando Jesus nasceu, os romanos dominavam o mundo da época e eles contribuíram para o ambiente dos dias do nascimento e ministério de Jesus com:

- Uma Lei universal;

- Pax Romana – que garantia movimentação livre;

- Sistema de estradas, que facilitoua movimentação dos primeiros discípulos e missionáios;

- Exército Romano, Organização universal (segurança da sociedade e controle das guerras)

- Conquistas Romanas. Antigamente os povos conquistadores atribuíam as suas vitórias aos deuses. Com as conquistas dos romanos, houve um enfraquecimento da fé nos deuses.

B) Os Gregos, também contribuíram Intelectualmente para este movimento que marcaria a história da humanidade para sempre:

- Trouxeram uma língua universal- o grego

- Filosofia: a antiga filosofia não trouxera as respostas satisfatórias para as pessoas.

- Religião- Preparação para uma religião mais pessoal. As pessoas se sentiam indefesas ante a sorte ditada pelas estrelas e pelos planetas, considerados seres angélico-demoníacos. Prevalecia uma atitude de desepero ou, pelo menos, de pessimismo.

C) Não poderíamos deixar de falar dos judeus, de onde nasceu Jesus Cristo, que contribuiu com:

- O monoteísmo – a crença em um único que Deus;

- A Esperança Messiânica. Havia no judeu a esperança de um salvador. Vemos em Mt 1.1 como ele inicia dizendo que Jesus é o cumprimento da esperança messiânica. Diz que Jesus é o Cristo, Filho de Davi, Filho de Abraão.

- O Sistema Ético: Os 10 mandamentos que influenciaram na história da humanidade;

- O antigo Testamento. Mostra que Deus controla a história da humanidade.

II. A MAGNITUDE DA INFLUÊNCIA DE JESUS CRISTO.

“Nesse mesmo tempo, apareceu Jesus, que era um homem sábio, se é que podemos considerá-lo simplesmente um homem, tão admiráveis eram as suas obras. Ele ensinava os que tinham prazer em serem instruídos na verdade e foi seguido não somente por muitos judeus,. Mas também por muitos gentios. Ele era o Cristo. Os mais ilustres dentre os de nossa nação acusaram-no perante Pilatos, e este ordenou que o crucificassem. Os que haviam amado durante a sua vida não o abandonaram depois da morte. Ele lhes apareceu ressuscitado e vivo no terceiro dia, como os santos profetas haviam predito, dizendo também que ele faria muitos milagres. É dele que os cristãos, os quais vemos ainda hoje, tiraram seu nome” (HISTÓRIA DOS HEBREUS, CPAD; p.832)

Esta é a notícia extrabíblica mais famosa e longa sobre Jesus. Apesar de alguns negarem a sua autenticidade, ela é crida por muitos e nos traz a imagem de como Jesus Cristo era impactante em seus dias. Existem outras fontes não-cristãs sobre Jesus, como dos escritores romanos Plínio Jovem, Tácito, Suetônio e Luciano. Apesar de breves, confirmam que ele realmente viveu, tornou-se uma figura pública e morreu sobre o governo de Pôncio Pilatos, e, no espaço de doze anos após sua morte, a adoração a ele já havia chegado a lugares tão distantes quanto Roma.

Típicas das breves notícias sobre Jesus feitas por escritores romanos é a explicação de Tácito (c. 110 d.C.) de que o nome cristão originou-se de Christus (Cristo em latim), que “havia sofrido a pena de morte no reinado de Tibério, por sentença do procurador Pôncio Pilatos” (Anais 15.44).

Jesus ao que sabemos nada escreveu, apesar de muitos se interessarem em escrever a respeito dele. Jesus, com exceção da ocasião em que esteve em Tiro e Sidom, não deixou as áreas da Palestina, mas seu nome é conhecido em toda parte do mundo. Os historiadores falam que antes do fim do século II d.C., vinte distintos grupos religiosos tinham saltado à existência todos afirmando que tiveram origem e autoridade em Jesus, embora apresentando definições diferentes e contraditórias acerca dele e de seu ministério. Antes do fim do século IV d.C., havia mais de oitenta destes grupos; mas hoje é difícil contar todos os grupos que supostamente são alicerçados nele e em sua autoridade.

Realmente, vemos hoje se cumprir as suas palavras:

“O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de pas­sar” (Mt 24.35)

antes, crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora como no dia da eternidade. Amém.” (2 Pe. 3.18)

Leia também outros estudos relacionados, que preparei:

CONHEÇA A HISTÓRIA DA FORMAÇÃO DOS EVANGELHOS (http://manejandobemapalavradaverdade.blogspot.com/search/label/Conhe%C3%A7a%20a%20Hist%C3%B3ria%20da%20Forma%C3%A7%C3%A3o%20dos%20Evangelhos)

JESUS É O MESSIAS PROFETIZADO NAS ESCRITURAS JUDAICAS (http://manejandobemapalavradaverdade.blogspot.com/search/label/JESUS%20%C3%89%20O%20MESSIAS%20PROFETIZADO%20NAS%20ESCRITURAS%20JUDAICAS.%20%28AD%20Jd.%20Helena%2024%2F07%2F09%29)

Deus vos abençoe e Bom Trimetre!!!

Ev. Alan G. de Sá

(www.manejandobemapalavradaverdade.blogspot.com)

BIBLIOGRAFIA:

BÍBLIA DE ESTUDO PENTECOSTAL, CPAD.

BÍBLIA DE ESTUDO APOLOGÉTICA. ICP.

BOCK, Darrell L. Jesus segundo as escrituras, Ed. Sheed.

CHAMPLIN, R. N. Enciclopédia de Bíblia, Teologia e Filosofia . Ed. Hagnos.

JOSEFO, Flávio. História dos hebreus. CPAD.

GUNDRY, Robert. Panorama do Novo Testamento. Ed. Vida Nova.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

ENTREVISTA COM A MISSIONÁRIA KELEM GASPAR

ENTREVISTA COM A MISSIONÁRIA KELEM GASPAR (PUBLICADA EM http://www.evangelismoitaquerao.blogspot.com/ por Alan g. de Sá)http://www.missionariakelem.blogspot.com/

A Paz do Senhor Jesus Cristo, Missionária Kélem. Muito obrigado por nos conceder esta entrevista aos leitores de nossos blogs, para conhecimento e edificação do corpo de Jesus Cristo.

1.Atualmente, esta empenhada em que obra?

Atualmente estamos trabalhando no interior do estado do Pará, construindo um centro de treinamento em missiologia transcultural, para preparar obreiros para trabalharem nas aldeias não alcançadas no Brasil e em toda América Latina.


2.Quais tem sido as dificuldades que tem enfrentado nesta obra?

Moramos em uma casa coberta de palha, sem energia elétrica e nossa água ainda é de um poço. Mas a principal dificuldade é encontrar parceiros comprometidos com a obra missionária e dispostos a investir mais do que ferro sem resistencia, geladeira sem motor, ventilador sem hélice.


3. Nos fale um pouco sobre a irmã. Qual a sua naturalidade e como foi o seu encontro com Jesus Cristo?

Sou paraense e nasci no evangelho

4. Como foi o seu chamado para a obra Missionária? Houve algum preparo espiritual ou intelectual?

Fui chamada em um culto de missões aos 15 anos. Fiz teologia, magistério, enfermagem e li a biografia de muitos missionários igualmente chamados para conquistar povos distantes para Cristo.


5. Sabemos que a obra missionária é prazerosa, porém árdua. Segundo as suas experiências, do seu ponto de vista, qual as maiores nescessidades do campo missionário hoje em nosso país?

A obra missionária está precisando de pessoas que a amem realmente e estejam dispostas a fazer alguma sacrifício por ela. Hoje, ninguém quer mais comprometer seu bem estar e seu conforto em favor da obra de Deus. Precisamos de intercessores apaixonados, mantenedores fiéis e candidatos que amem mais a Cristo do que a si mesmo.


6. E já existiu, se puder responder, problemas com outras denominações cristãs durante o exercício de seu ministério. Se sim, não precisa dizer a denominação, apenas a situação.

Alguns missionários de denominações diferentes e até mesmo da mesma denominação são competitivos e desunidos, isso costuma acontecer quando o candidato ainda tem falhas em sua personalidade, áreas de seu caráter que precisam ser trabalhadas, moldadas por Cristo. Tive problemas uma vez com uma missionária ciumenta, que não entendia que a obra era para Cristo, que a recompensa vinha de Cristo, e que a honra pelo trabalho bem feito era toda para Cristo. O que deveria importar, sempre, é o crescimento do Reino. Não nosso ego ou nossa vaidade.


7. Existe algum obreiro ou obreira missionária que te inspirou no ministério?

Li biografias e conheci missionarios das quais o mundo não era digno. Todo missionário que conheço é superior a mim em alguma coisa.


8. Como a igreja do Senhor pode ajudar o ministério que o Senhor lhe confiou?

Amando e respeitando. Nós missionários, não somos pessoas que não deram certo na vida e por isso optamos por missões. Somos representantes do Senhor, realizando um trabalho precioso para o mestre.


9. Obrigado pela entrevista que com certeza servirá de inspiração para muitos obreiros do Senhor. deixe uma Palavra final Para nossos leitores.

Trabalhemos enquanto é dia por que a noite vem, quando ninguem mais poderá trabalhar. O relógio de Deus está correndo,o tempo está passando, milhares partem para a eternidade sem Cristo e o dedo de Deus está apontando pra nós, acusando-nos de não dar o devido valor a obra pela qual Cristo morreu, de não empregarmos todos os esforços, de não aproveitarmos todas as oportunidades, de não amarmos realmete, mas ainda é tempo. Levantemo-nos, então.


AJUDE A MISSIONÁRIA KELEM NESTA OBRA MISSIONÁRIA!


Você pode ajudar este ministério, adquirindo o CD ou o DVD onde relato meu testemunho. Envie-me um e-mail: missgaspar@ig.com.br
Você pode ainda contribuir financeiramente conosco.
Nossa conta:
Banco do Brasil, Ag 1436-2 , C/C 6993-0

Negue-se a si mesmo e tome a sua cruz – Notícias da Missão Portas Abertas

Negue-se a si mesmo e tome a sua cruz – Notícias da Missão Portas Abertas

Negue-se a sí Mesmo e tome a sua cruz www.portasabertas.org.br

cabecalho_DIP2009_semTexto

"Então Jesus disse aos seus discípulos: ‘Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me’."
Mateus 16.24

O discípulo de Cristo deve tomar a sua cruz. Se quisermos ser mais parecidos com Jesus, devemos andar como ele andou, e isso inclui o “carregar a nossa cruz”. No entanto, essa não é a orientação mais difícil de seguir. Nós, cristãos, ouvimos diversas vezes que no mundo teremos aflições, mas que podemos ter bom ânimo. Mas negar a nós mesmos é muito mais difícil. Deixar de lado nossa própria vontade, nossa forma de agir e reagir, e aceitar viver a vida que Deus tem para nós, carregando, a cada dia, a nossa cruz, não é nada simples. Mas é um passo de fé, que pode ser dado hoje.

Na China, o pastor Hua Huiqi foi atacado por agentes do distrito de Fengtai, em Pequim. Depois de saber sobre um incidente envolvendo sua igreja, o pastor Hua Huiqi voltava para casa quando cinco oficiais do PSB cercaram seu apartamento. Ele foi levado para um local desconhecido e continua desaparecido. Ore por ele e por sua família.

Na Colômbia, Rafael Velasquez, pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular foi assassinado em sua casa por três homens com capuzes, no dia 6 de setembro. O pastor foi baleado na frente de sua esposa e de seis membros de sua igreja, e morreu na hora. Lembre-se dessa família e dessa igreja em suas orações.

Na Inglaterra, a enfermeira Shirley Chaplin foi proibida de usar um pingente de crucifixo juntamente com seu uniforme, sob o pretexto de colocar em risco a saúde e a segurança dos pacientes. Ela trabalha no local há mais de 30 anos, mas corre o risco de sofrer uma ação disciplinar se não obedecer as orientações dos diretores do hospital.

Faça como nossos irmãos que pagam um alto preço, não em nome de uma religião, mas por amarem a Jesus acima de todas as coisas. Separe um tempo todos os dias e interceda por esses cristãos que negam muitas coisas, mas decidem não negar Jesus.
Que Deus abençoe sua semana,

Deborah Stafussi www.portasabertas.org.br
PS: Sua opinião é muito importante para o Blog da Equipe. Ao comentar os posts, você colabora para que, juntos, possamos edificar muitas vidas.

domingo, 20 de setembro de 2009

"BEM AVENTURADO OS QUE CHORAM"-NOTÍCIAS DA MISSÃO PORTAS ABERTAS

BEM AVENTURADO OS QUE CHORAM-NOTÍCIAS DA MISSÃO PORTAS ABERTAS
www.evangelismoitaquerao.blogspot.com



"Bem-aventurados os que choram, pois serão consolados. Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, pois deles é o Reino dos céus." Mateus 5.4,10

Quando lemos a passagem do sermão do monte e, neste caso, das bem-aventuranças, conhecemos um pouquinho mais sobre o Reino de Deus. Que lugar é esse em que são felizes os que choram e os que são perseguidos? Deus é soberano e não cabe a nós tentar entender seus caminhos e os pensamentos. A nossa parte é crer e receber do consolo e da felicidade de poder fazer parte deste Reino celestial.

No Laos, as autoridades prenderam um líder na província de Savannakhet por abraçar o cristianismo. Ameaçaram expulsá-lo da comunidade, caso não renuncie sua fé, e matá-lo, caso sua prisão se torne pública. Interceda por esse e outros casos de perseguição que estão ocorrendo no país.

No Egito, mais de 150 pessoas foram presas por se alimentarem durante o Ramadã. É a primeira vez que os oficiais egípcios agem de maneira tão drástica. Qualquer estrangeiro ou não muçulmano que for encontrado comendo, bebendo ou fumando durante o período de jejum, será preso.

A Portas Abertas realiza diversas campanhas de cartas e ações institucionais em favor dos cristãos perseguidos. Foi postado em nosso blog um texto que fala sobre a importância de mandarmos cartas ou cartões para nossos queridos irmãos. Elas fazem grande diferença e levam consolo e amor. Acesse o blog e seja desafiado a participar das campanhas e abençoar os cristãos perseguidos.

Uma ótima semana!
Deborah Stafussi

http://www.portasabertas.org.br/

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Notícias da Missão Portas Abertas - Vamos interceder pelos cristãos indianos -

  Vamos interceder pelos cristãos indianos - Leia este e 0utras Notícias em www.evangelismoitaquerao.blogspot.com

"Nós, porém, [...], sejamos sóbrios, vestindo a couraça da fé e do amor e o capacete da esperança da salvação."
1 Tessalonicenses 5.8
odlogo

Nenhum soldado entra em uma batalha desarmado, sem nenhuma proteção. Nós, que somos parte do exército de Deus, também devemos nos preparar para enfrentar qualquer tipo de situação e adversidade. Mas, como está escrito em Efésios, nossa luta não é contra a carne, portanto, nossas armas também não são carnais. O que, então, devemos usar? Devemos nos proteger com a fé em Jesus, sendo nossa ferramenta de ataque o amor, e proteger nossa mente com a esperança. A esperança de vermos cumprida em nós a salvação eterna de nosso Senhor. Vamos orar para que nossos irmãos lá de longe ou aqui de perto sejam revestidos com essa armadura poderosa!

Em Gaza, as escolas públicas impuseram um novo código de vestimenta para as alunas, baseado na sharia (lei islâmica). As meninas e jovens que voltaram às aulas souberam que agora devem usar jilbab, túnicas tradicionais islâmicas de manga comprida, e cobrir o cabelo, ou não poderiam entrar nas salas de aula.

Na Etiópia, os cristãos da igreja Kale Hiwot têm sofrido com diversas injustiças cometidas pelas autoridades. Em março, a igreja recebeu uma ordem de demolição. Depois, encontrou muitas dificuldades para conseguir um novo local de culto. Agora, a prefeitura pede que o terreno seja devolvido para o proprietário original. Ore para que esses cristãos ganhem o processo, e possam cultuar ao Senhor em segurança.


Na Índia, extremistas hindus atacaram os cristãos que permaneciam em um campo de refugiados na vila de Bodimunda. Embora o ataque tenha sido interrompido pela polícia, os cristãos temem novos crimes e estão fugindo do local. Ore para que a situação seja estabilizada.


A campanha em favor dos cristãos de Orissa continua. Acesse a página especial e saiba como ajudar nossos irmãos. Participe também da campanha de oração que se iniciou domingo, 6 de setembro, e vai até sábado, dia 12. Vamos juntos interceder pelos cristãos indianos.

Deus te abençoe e te guarde,
Deborah Stafussi

www.portasabertas.org.br

terça-feira, 1 de setembro de 2009

ENTREVISTA COM BÁRBARA BRANT, MISSIONÁRIA FUNDADORA DO PROJETO CONQUISTANDO A TERRA

Conheça esta jovem missionária que tem desenvolvido um importante trabalho missionário para a glória de Deus http://barbarabrant.blogspot.com/

MissioUbe5Certo

A PAZ DO SENHOR JESUS MISSSIONÁRIA BÁRBARA! MUITO OBRIGADO EM NOS CONCEDER ESTA BREVE ENTREVISTA PARA OS LEITORES DE NOSSOS BLOGS.

1. NOS FALE UM POUCO SOBRE VOCÊ, COMO FOI SEU ENCONTRO COM JESUS CRISTO? VOCÊ NASCEU EM UMA FILHA CRISTÃ?

Venho de família católica. Minha mãe e uma tia se converteram quando eu tinha 10 anos de idade, desde então frequentei igreja e me envolvia nas atividades. Porém, como sabemos, salvação é uma experiência individual. Só fui ter uma experiência com o Senhor, de conversão e Batismo no Espírito Santo em 12/10/1999, com 16 anos de idade. Apesar de alguns vacilos típicos da juventude, estou envolvida na obra desde então.

2. QUAL FOI SUA MAIOR DIFICULDADE COMO UMA NOVA CONVERTIDA?

Minha dificuldade maior, acredito que não foi em decorrência da conversão, mas da própria dificuldade dos jovens. O diabo sempre busca formas de nos seduzir, e em muitas situações tive meus olhos ofuscados com os manjares do inferno. Mas, Deus, em infinita misericórdia e graça, nunca desistiu de mim.

3. COMO FOI QUE HOUVE EM SEU CORAÇÃO O DESPERTAMENTO POR MISSÕES?

Hammm!!! Como explicar o nosso chamado?

Eu nunca fui dessas pessoas quietas, sempre estou em movimento, procurando coisas para fazer. Definitivamente, nunca me enquadrei nesse evangelho frio, de cultos aos domingos, uma reunião aqui e outra ali. Vida social, o mundo oferece uma bem melhor!!!

Cultos sobre missões sempre me aqueciam o coração.

Uma noite, acompanhando minha mãe em uma vigília em Londres, quando eu tinha ainda 14 anos de idade, recebi uma palavra que seria evangelista. Apesar de eu ainda não ter tido uma experiência de conversão, essa noite não me sai da cabeça.

Não sei ao certo onde comecei a me envolver com missões e evangelismo. Sei que não tem outra coisa para eu fazer. Não me vejo fazendo mais nada.

4. VOCÊ SENTIU A NECESSIDADE DE UM PREPARO PARA ESTA OBRA, ESPIRITUAL OU INTELECTUAL? PODE NOS FALAR? E SE SIM, PODE NOS DIZER SE FEZ DIFERENÇA OU NÃO?

Para ser sincera, não me sinto preparada. A cada dia preciso me aprimorar e crescer, isto é desenvolver a salvação.

Para o crescimento espiritual só tem um caminho: Oração, Jejum e Leitua Bíblica. Não adianta mais nada. Todos grandes homens e mulheres de Deus trazem uma história de vida de oração, jejum e leitura bíblica. A vida de Jesus trás está marca. Jesus orava, orava, orava e orava... Nas horas vagas ele pregava e fazia milagres. Assim busco crescer espiritualmente, orando, jejuando, lendo a bíblia.

Sou uma pessoa naturalmente curiosa. Isto me levou a estudar e ler muito. Estou sempre com um livro na mão, e buscando cursos e congressos para estar participando. Atualmente faço o curso de Formação Missionária. Além de cursos voltados para a minha profissão: Psicologia.

Vejo muito crente preguiçoso e mão-de-vaca. Aqueles que não lêem, não buscam crescer, não investem em seu crescimento e nem para comprar um bom livro!!! Isto é terrível. Por isso crescem tantas teologias baratas, que prometem mundos e fundos.

5. VOCÊ PODE NOS FALAR DESSE PROJETO QUE A IRMÃ FAZ PARTE, O "CONQUISTANDO A TERRA", QUAL O SEU FOCO E COMO A IGREJA DO SENHOR PODE AJUDAR?

O modelo do Projeto Conquistando a Terra é o tipo de trabalho que sempre queimou no meu coração. O Conquistando a Terra, propriamente dito, começou em 2005, em uma igreja que eu fazia parte. De lá, ele saiu para outras igrejas e em cada lugar que passamos incendeia corações. É algo muito de Deus, senão, não chegaríamos até aqui.

O Projeto Conquistando a Terra é um ministério independente e interdominacional, que procura fazer alianças com as igrejas evangélicas para desenvolver o trabalho, e receber apoio.

Recebemos cobertura espiritual de um grupo de pastores de diferentes igrejas, no qual denominamos Conselheiros, que dão orientação e apoio a Liderança do Projeto, além de ser o grupo que a Liderança recorre para fazer prestações de conta.

Contamos com o envolvimento de membros de igrejas que já se aliançaram ao Projeto, que disponibilizam seu tempo e seus recursos para estarem pregando o evangelho em outros lugares.

Não queremos abrir igrejas nas cidades que vamos, mas queremos abençoar os pastores e as igrejas locais e, promover um trabalho de evangelização.

Nossa missão

Nossa missão é atingir cidades e municípios brasileiros que possuam população de evangélicos inferior à 5%, sobretudo no estado de Minas Gerais (o qual se constituí de 853 municípios, sendo que destes, cerca de 190 possuem o número de evangélicos inferior a 5%).

Nossa visão

Temos a adoração como meta e meio para realizarmos missões. O nosso primeiro e fundamental alvo é adorar ao Senhor Jesus e, honrá-lo com a nossa vida. Esta é a razão do nosso viver.

A adoração ao Senhor é o que nos motiva e impulsiona a pregar as boas novas.

Buscamos então, levantar uma geração de fiéis adoradores de Jesus Cristo, comprometida e preparada para a Evangelização do Brasil, disposta a lutar para ver se cumprir em nossa nação os propósitos do Senhor, e então celebrar Sua volta em nossa geração.

É algo que começou do zero. Sem modelos ou cartilhas de como fazer. Aprendemos a fazer nosso trabalho na prática, escutando as direções e estratégias do Senhor.

A primeira viagem fizemos com 21 adolescentes. Uma turma super despreparada. Fomos aprendendo, crescendo, aprimorando. Já fizemos Campanha com 116 evangelistas, de 6 igrejas diferentes. Só Deus para nos capacitar e aprimorar.

Me sinto muito honrada e privilegiada por ser usada por Deus para trazer a luz o Projeto Conquistando a Terra. É algo tremendo, e que tenho certeza que vai crescer muito.

6. HOJE, VEMOS FALAR MUITO SOBRE TEOLOGIA DA PROSPERIDADE, ESCÂNDALOS DE LÍDERES EVANGÉLICOS, ETC...ESTAS SITUAÇÕES TEM ATRAPALHADO O EVANGELISMO FEITO POR VOCÊS?

São situações que atrapalham o evangelho. Não só o meu trabalho em particular. Mas atrapalham o crescimento do Reino. Notícias de escândalos que envolvem pastores, igrejas evangélicas e irmãos na fé, criam um marketing negativo das boas novas. E isso é terrível. E o pior é que a própria igreja que endossa essas notícias. Quando sai uma reportagem falando algo envolvendo pastores e igrejas, são irmãos que criticam e falam mal. Isso me dói! Eu, particularmente, tomo a seguinte postura: Oro para que o Reino de Deus não seja muito abalado e, me reservo de qualquer comentário, pois não cabe a mim julgar. Mas sem dúvida, estas notícias e práticas de pregar a prosperidade e um evangelho fácil nos causam barreiras sim.

7. QUAL A SUA EXPERIÊNCIA MINISTERIAL MAIS MARCANTE? PODE NOS RELATAR?

Pregar o evangelho é marcante. Amo pregar! Não para crentes, mas para impíos. Você pode mudar a história de uma pessoa. Estamos falando de uma história real e eterna. Você pode fazer diferença entre a pessoa ir para o céu ou ir para o inferno. E isso é extremamente marcante.

Mas para citar uma situação, tem uma que sempre me vem a memória. Foi quando estivemos na cidade de Ferros, e foi nos aberto uma porta extremamente interessante. Pregamos dentro da igreja católica. Conversei com o padre, e ele nos passou o microfone e dedicou 25 minutos da missa para a nossa ministração. Eu dei uma palavra, foram ministradas algumas coreografias e um Pastor da nossa equipe fechou a ministração. Essa foi uma experiência bem marcante.

8. OBRIGADO PELA ENTREVISTA. DEIXE UMA PALAVRA PARA NOSSOS LEITORES, QUE DEUS TOCAR EM SEU CORAÇÃO.

Quero agradecer a oportunidade e o carinho do Evangelista Alan e todos os leitores deste Blog que sempre me dão muito apoio.

Espero ter sido um instrumento de Deus para abençoar a vida de cada leitor.

E, mais do que dizer: Ide por todo mundo! Quero convidá-los, Vamos a todo o mundo!!! Se envolva com a obra missionária, você pode fazer a diferença!!!

Deus abençoe!!!

Bárbara Brant

Entrvista publicada em: www.evangelismoitaquerao.blogspot.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...