sexta-feira, 9 de setembro de 2011

O DISCÍPULO E SUA FAMÍLIA ESPIRITUAL: A IGREJA


LIÇÃO 19: O Discípulo e sua família espiritual: A igreja.

Objetivo: Mostrar ao Novo Convertido que a Igreja foi fundada por Jesus Cristo, não sendo, portanto uma instituição meramente humana, uma organização. Antes, é o povo de Deus e ao fazermos parte dela, não somos apenas parte de uma instituição humana, mas sim, fazemos parte da família de Deus.

Texto base: Mateus 16.18; Efésios 5.25; Efésios 1.22-23.

A igreja é a comunidade de todos os cristãos de todos os tempos. Em Efésios 5.25, o termo “igreja” é usado para referir-se a todos aqueles pelos quais Cristo morreu para redimir, todos os salvos pela morte de Jesus Cristo. O próprio Jesus Cristo é quem edifica a igreja chamando o seu povo a si mesmo (Mt 16.18; At 2.47).

A palavra “igreja” quer dizer “uma reunião de pessoas chamadas para fora”, ou seja, um grupo de pessoas que saíram de dentro do mundo (espiritual e não fisicamente), para seguir a Cristo.  Embora a palavra “igreja” seja empregada, em primeiro lugar, para descrever a totalidade de crentes que vivem em todo o mundo, você pode usá-la também para se referir aos cristãos de um determinado lugar, isto é, “a igreja local”.

Alguns Símbolos da Igreja
a.       Corpo: Colossenses 1.18. Isso significa que a Igreja é um organismo vivo, cuja vida vem de Jesus Cristo. É um organismo, algo que tem existência tal como corpo humano que é composto de muitos órgãos que funcionam em prol de uma vida comum. E a cabeça deste corpo é Jesus. Isso quer dizer que Ele é o chefe, guia, o Principal e o Príncipe da Igreja (Efésios 1.22,23 e Colossenses 1.18).
b.      Noiva: Apocalipse 22.17. por causa da sua união e comunhão com Cristo, a igreja é simbolizada pela figura de uma noiva (2 Corintios 11.2; Efésios 5.25).
c.       Templo: Fala da habitação de Deus no meio de seu povo, para ser adorado, louvado. Cada crente é um templo de Deus. (1 Corintios 3.16, 17; 1 Pe 2.5)

Os objetivos da Igreja

O senhor Jesus fundou a igreja com as seguintes finalidades:

a.       Evangelização: É a principal atividade dos cristãos (Mateus 28.19,20)
b.      Lugar para o crente adorar a Deus: O culto é o momento de oração, meditação na Palavra de Deus, louvor, edificação dos cristãos. Também é exercida a comunhão, quando todas as diferenças são eliminadas e nos tornamos irmãos em Cristo.
c.       Prática do serviço Cristão: Ajudamos a manutenção da obra de Deus através do dízimo e das ofertas, bem como aos necessitados através da evangelização (Malaquias 3.10, 1Corintios 16.2; 2 Corintios 8.12)
d.      Lugar para ensino da Palavra de Deus e modo de vida Cristã. É nela que o crente aprende a Palavra de Deus.

 As duas ordenanças da Igreja
                As duas ordenanças que o Senhor Jesus ordenou que os crentes a pratiquem são o batismo em águas, onde simboliza a ingressão do novo crente a igreja e o início de sua nova vida espiritual e a ceia do senhor, onde não apenas lembramos a sua morte, mas também a proclamamos até que Ele volte.
              
  Podemos estabelecer alvos para trazer outras pessoas a Igreja, participando na evangelização. Podemos também fazer parte de um grupo da igreja para podermos usar nossos talentos. Existe um lugar na obra de Deus para cada um de nós.

Referências:
Novos convertidos, revista ed. Betel.
Discipulado Aluno 1, revista CPAD.
Teologia Sistemática, Wayne Grudem. Editora Vida Nova.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...