segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

AJUDE NA CONSTRUÇÃO DE UMA CRECHE E ESCOLA DE MISSÕES TRANSCULTURAIS NO PARÁ

Como nosso irmão Sammi postou em seu valoroso blog  http://www.veredasmissionarias.blogspot.com/

"A missionária Kelem Gaspar, valorosa irmã de grande dedicação ao Evangelho, já tendo atuado entre indígenas na Amazônia Peruana e Brasileira, está atualmente vivendo e realizando o sonho que Deus pôs em seu coração: construir uma Creche e uma Escola de Missões Transculturais em Maracanã, no Pará. A creche já está em funcionamento, e o terreno já foi limpo para dar início à construção da Escola. Esta dupla obra de fé, implantada num campo tão carente, precisa de ajuda.

Visite o blog da Kelem (http://missionariakelem.blogspot.com/), nele você conhecerá melhor os projetos em andamento e as notícias do campo, e lá é possível ainda ler o livro ‘PAKAU ORO MON’, onde ela relata seu grande testemunho de vida e parte de sua trajetória missionária."

Ajude esta obra, orando também e contribuindo. Você poderá ajudar com sua oferta missionária através da conta no Banco do Brasil, Ag 1436-2 , C/C 6993-0

Já tive a honrosa oportunidade de entrevistar a missionária Kelem Gaspar via email para este blog. Leia esta entrevista e conheça um pouco mais desta valorosa mulher de Deus:

ENTREVISTA COM A MISSIONÁRIA KELEM GASPAR (por Alan g. de Sá)


A Paz do Senhor Jesus Cristo, Missionária Kélem. Muito obrigado por nos conceder esta entrevista aos leitores de nossos blogs, para conhecimento e edificação do corpo de Jesus Cristo.
1.Atualmente, esta empenhada em que obra?


Atualmente estamos trabalhando no interior do estado do Pará, construindo um centro de treinamento em missiologia transcultural, para preparar obreiros para trabalharem nas aldeias não alcançadas no Brasil e em toda América Latina.

2.Quais tem sido as dificuldades que tem enfrentado nesta obra?

Moramos em uma casa coberta de palha, sem energia elétrica e nossa água ainda é de um poço. Mas a principal dificuldade é encontrar parceiros comprometidos com a obra missionária e dispostos a investir mais do que ferro sem resistencia, geladeira sem motor, ventilador sem hélice.

3. Nos fale um pouco sobre a irmã. Qual a sua naturalidade e como foi o seu encontro com Jesus Cristo?

Sou paraense e nasci no evangelho

4. Como foi o seu chamado para a obra Missionária? Houve algum preparo espiritual ou intelectual?

Fui chamada em um culto de missões aos 15 anos. Fiz teologia, magistério, enfermagem e li a biografia de muitos missionários igualmente chamados para conquistar povos distantes para Cristo.

5. Sabemos que a obra missionária é prazerosa, porém árdua. Segundo as suas experiências, do seu ponto de vista, qual as maiores nescessidades do campo missionário hoje em nosso país?

A obra missionária está precisando de pessoas que a amem realmente e estejam dispostas a fazer alguma sacrifício por ela. Hoje, ninguém quer mais comprometer seu bem estar e seu conforto em favor da obra de Deus. Precisamos de intercessores apaixonados, mantenedores fiéis e candidatos que amem mais a Cristo do que a si mesmo.

6. E já existiu, se puder responder, problemas com outras denominações cristãs durante o exercício de seu ministério. Se sim, não precisa dizer a denominação, apenas a situação.

Alguns missionários de denominações diferentes e até mesmo da mesma denominação são competitivos e desunidos, isso costuma acontecer quando o candidato ainda tem falhas em sua personalidade, áreas de seu caráter que precisam ser trabalhadas, moldadas por Cristo. Tive problemas uma vez com uma missionária ciumenta, que não entendia que a obra era para Cristo, que a recompensa vinha de Cristo, e que a honra pelo trabalho bem feito era toda para Cristo. O que deveria importar, sempre, é o crescimento do Reino. Não nosso ego ou nossa vaidade.

7. Existe algum obreiro ou obreira missionária que te inspirou no ministério?

Li biografias e conheci missionarios das quais o mundo não era digno. Todo missionário que conheço é superior a mim em alguma coisa.

8. Como a igreja do Senhor pode ajudar o ministério que o Senhor lhe confiou?

Amando e respeitando. Nós missionários, não somos pessoas que não deram certo na vida e por isso optamos por missões. Somos representantes do Senhor, realizando um trabalho precioso para o mestre.

9. Obrigado pela entrevista que com certeza servirá de inspiração para muitos obreiros do Senhor. deixe uma Palavra final Para nossos leitores.


Trabalhemos enquanto é dia por que a noite vem, quando ninguem mais poderá trabalhar. O relógio de Deus está correndo,o tempo está passando, milhares partem para a eternidade sem Cristo e o dedo de Deus está apontando pra nós, acusando-nos de não dar o devido valor a obra pela qual Cristo morreu, de não empregarmos todos os esforços, de não aproveitarmos todas as oportunidades, de não amarmos realmete, mas ainda é tempo. Levantemo-nos, então.


Você pode ajudar este ministério, adquirindo o CD ou o DVD onde relato meu testemunho. Envie-me um e-mail: missgaspar@ig.com.br

Você pode ainda contribuir financeiramente conosco.

Nossa conta:

Banco do Brasil, Ag 1436-2 , C/C 6993-0

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...