quinta-feira, 26 de junho de 2014

O PRAZER DE EXPERIMENTAR A CURA DAS FERIDAS DA ALMA

O PRAZER DE EXPERIMENTAR A CURA DAS FERIDAS DA ALMA

Comentário para a lição 13 da revista Betel da Escola Bíblica Dominical, "Enfermidades da Alma", escrita pelo Pr. Israel Maia.

Texto Áureo:

"Senhor, tu me sondaste e me conheces. Tu conheces o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento." Salmo 139.1-2.

Verdade Aplicada:

As enfermidades da alma podem ser devastadoras. Mas não incuráveis. Jesus é a cura!

   Chegamos ao final de mais um trimestre, e que trimestre abençoador para nós! Que o Senhor continue abençoando o Pr. Israel Maia, por ter sido instrumento do Senhor para abençoar a todos nós,  e nos despertar sobre a realidade e a importância destes temas para a Igreja do Senhor!

      Vimos através desse trimestre o quanto o ser humano é único, e especial, a coroa da criação de Deus (Gn 1.26). No entanto, devido ao pecado de nossos primeiros pais, como consequência todos nós estamos sujeitos as enfermidades, não apenas físicas mas emocionais e espirituais,  e , mesmo que tenhamos entregue nossa vida ao Senhor,  precisamos ser tratados por Ele sempre em todas as áreas de nossas vidas.

   Quantas enfermidades da alma! Como vimos no decorrer do trimestre, sentimentos que apesar de parecerem comuns, podem nos "travar" e nos impedir de experimentar a vontade de Deus em nossas vidas: O medo de rejeição,  a angústia, as conseqüências da timidez, complexo de superioridade e seus efeitos, A crise existencial e a necessidade de aceitação,  Combatendo o mal do século a depressão, Complexo de culpa o tormento da alma humana, A inveja, um veneno mortífero para a alma. Complexo de inferioridade e o medo de rejeição,  aprendemos como o perdão é a cura para o rancor.

   E nada como terminar este trimestre com a seguinte verdade: Jesus é a cura para as enfermidades da alma. Isto não significa que não devemos em algumas situações buscar a ajuda de um profissional para tratamento, No entanto vemos na Palavra de Deus a reconfortante verdade que não fomos apenas criados por Deus, mas que também Ele nos entende.

   No Samo 139, vemos Davi expresando sua confiança em Deus nesse Salmo, adimirado com a onisciência e a onipresença do Senhor. Vemos que Ele se maravilha com a Onisciência de Deus (139.1-6), se maravilha em saber que Deus também é Onipresente (139.7-12). Essas verdades também nos devem causar admiração e temor e nos levar a adorar ao Senhor. Mas também devem nos trazer refrigério assim como trouxe ao salmista Davi. Esse Deus onisciênciente e Onipresente se preocupa pessoalmente comigo (139.13-16), tendo um plano para cada um de nós (139.17-22). Essa verdade permeia toda a Palavra de Deus, atingindo o seu ponto alto da revelação divina em nosso Senhor Jesus Cristo. Ele é o Emanuel, Deus conosco (Mateus 1.23), que deixou para seus discípulos de todas as eras a reconfortante verdade que Ele conhece as suas ovelhas (João 10.14), e que Ele estará conosco todos os dias até a consumação dos séculos (Mateus 28.20).

   Apesar de reconfortante, essas maravilhosas verdades não anulam a nossa responsabilidade pessoal. Muitas situações que denominamos "maldições hereditárias", na verdade são consequências de nossas próprias atitudes, e reprodução de comportamentos aprendidos do meio em que vivemos. O Senhor em sua Palavra já combatia esse pensamento quando diz em Ezequiel 18.20:

"A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a maldade do pai, nem o pai levará a maldade do filho; a justiça do justo ficará sobre ele, e a impiedade do ímpio cairá sobre ele."

   No entanto em Cristo temos sempre uma nova chance, pois Ele e sua obra efetuada por nós na cruz nos desviam da rota de destruição:

   "Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo." (2 Coríntios 5.17).

   Vemos também em Romanos 12.2, que devemos buscar a renovação do nosso entendimento sobre a nossa estrutura emocional, para experimentarmos as maravilhas da graça de Deus em todas as áreas de nossas vidas.

    Que Deus te abençoe sempre, e que o "mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito,  e alma, e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo." (1 Tessalonicenses 5. 23).


Ev. Alan

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...